Técnico das ideias gerais

Possuir o sentido da realidade, é ter o sentido de toda a realidade. Certos espíritos sentem por vezes a tentação de hipnotizar com o pormenor, e de não ver senão esse pormenor. O verdadeiro chefe não perde nunca a visão do conjunto; mantém sempre presente ao seu espírito “o esquema daquilo que está a seu cargo” – o que lhe permite conservar o sentido das proporções e não dar a cada coisa senão a sua importância relativa.

«O chefe, dizia Lyautey, deve ser o técnico das ideias gerais». Mas ter ideias gerais consiste em ver as relações por vezes remotas que ligam dois problemas, em dar à questão presente o seu verdadeiro valor, sem a diminuir, porque deve ter repercussões, sem a aumentar, porque não é a única a interessar-nos – nem deve medrar à custa de outros assuntos ou de outros interesses, também legítimos.