Mandando fazer multiplica-se

Mandando fazer, multiplica-se; ingerindo-se nos pormenores, em vez dos responsáveis que se afastam, perde-se tempo e autoridade. Pensar-se que se faz “melhor” é o melhor inimigo do bem.
(Rigaux)

O chefe que quer fazer tudo por si próprio e não soube rodear-se de colaboradores capazes de o suprir, correrá o risco de ver a sua obra sossobrar e os seus serviços desorientados no dia em que pela continuação da doença ou duma causa qualquer tiver de ausentar-se por lapso de tempo prolongado.

Nenhum chefe deve fazer aquilo que um súbdito pode executar tão bem como ele, a fim de ficar livre para as coisas que só ele é capaz de fazer.

A autoridade só é bem exercida quando o poder que a detém não carece de dar ordens senão a um pequeno número de homens que oferecem confiança e que são bem conhecidos.