Distribuir elogios e censuras com critério

Ser justo é distribuir elogios e censuras com critério, é saber reconhecer a boa vontade de cada um, é aprofundar as coisas e ter em conta, se for preciso, as causas que dificultam o esforço daquele que fez quanto pôde.

Ser justo é atribuir a quem de direito, mesmo e sobretudo ao inferior, o mérito de uma ideia inteligente, é saber distribuir lealmente a parte de êxito que cabe a cada um dos colaboradores.