Ao chefe compete conhecer seus homens

Ao chefe compete conhecer seus homens para estar à altura de adaptar as suas ordens à capacidade de cada um, deixando àqueles que o merecem muita iniciativa, tendo mais debaixo de mão aqueles que não saberiam agir sozinhos, – usando uma escala que vai desde a injunção breve até à persuasão subtil. Certos chefes são tão inábeis que, quando falam, os seus súbditos têm a tentação de fazer o contrário do que lhes foi ordenado.

Um indivíduo qualificado de mau por um chefe pode ser excelente para outro, unicamente porque o último soube captá-lo, ao passo que o primeiro não o tinha compreendido.

Não deve considerar-se ninguém, facilmente, como incapaz. Há muito menos incapazes do que geralmente se julga; há sobretudo indivíduos mal utilizados, aos quais não se deu a função que convinha.