Antes de fixar um castigo

Antes de fixar um castigo, é muitas vezes vantajoso interrogar à parte o culpado e ouvir as suas exposições sem o interromper, procurando penetrar no seu pensamento e nas circunstâncias que ocasionaram a sua acção. Então, será mais fácil despertar as boas disposições que existem muitas vezes em estado latente na alma do culpado, e, se a punição se impõe, quer como advertência salutar quer como exemplo, fazer com que aceite o lado bom dela como um meio para se reabilitar.