Alguns conselhos

Alguns conselhos do general de Maud’huy:

– Nunca é aconselhável punir num momento de irritação; como regra, espere-se o dia seguinte para fixar o castigo.

– Ouçamos o faltoso e de boa fé procuremos com ele as circunstâncias que podem ser atenuantes.

– Quando chegarmos à conclusão de estarmos a tratar com um indivíduo mau, inacessível aos bons processos, castiguemos,., castiguemos com vigor, até que mude ou desapareça.

– Façamos o possível por que os maus nunca se juntem, porque para os maus como para os bons, a união faz a força.

– Duvidar, sem motivo, da palavra dum dos nossos súbditos seria uma injúria gratuita. Se percebermos que fomos enganados, assiste-nos o direito de o punir tanto mais severamente quanto maior confiança lhe tivermos mostrado.